Home / Noticias / 26.11.2021 15:44h

ESA Interação promoverá debate sobre raça, gênero e violência doméstica

26/11/2021 15:44h

No intuito de fomentar o debate acerca da violência doméstica sob a perspectiva das mulheres negras, no dia 30 de novembro, às 19h, será realizado o evento “OAB em debate: raça, gênero e violência doméstica”. O encontro faz parte do projeto ESA Interação e, desta vez, a Escola Superior da Advocacia da OAB/RS se reúne com a subseção de Bagé para promover a discussão.

Em formato de webinar, a palestra será gratuita com transmissão via Portal do Aluno e pelo canal da ESA/RS no YouTube. Será fornecido certificado de 2 horas-aula, mediante inscrição prévia. Clique aqui para garantir a sua certificação.

De acordo com a presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/RS (CMA), subseção de Bagé, Lélia Lemos de Quadros, a abordagem escolhida faz referência à campanha internacional “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, bem como às mobilizações ligadas ao Dia da Consciência Negra no Brasil, celebrado em novembro.

“Acreditamos que com este evento, a OAB avança com o seu papel social no enfrentamento à violência doméstica. O público pode esperar um debate qualificado sobre a temática, considerando que as palestrantes são mulheres negras, com conhecimento sobre o tema e com longa caminhada no enfrentamento a desigualdade de raça e gênero”, saliente Lélia Lemos.

As palestrantes convidadas para a ocasião, serão: Suelen Aires Gonçalves, doutoranda em Sociologia e integrante do grupo de pesquisa Violência e Cidadania; Patrícia Alves, presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB/RS (CIR), subseção de Bagé. Também estará presente, como mediadora dos debates, a diretora-geral do Instituto Federal do Rio Grande do Sul, campus Bagé, Giulia D’ávila Vieira.

Lélia Lemos ressalta, ainda, que através do conhecimento e da discussão do tema com a sociedade, será possível compartilhar as informações necessárias e pertinentes à pauta. “Falta muito para acabar com a violência contra a mulher, mas não podemos nos acovardar diante dessa situação. Nós, enquanto mulheres de  Ordem, precisamos falar sobre essa violência que machuca, maltrata e mata diariamente as mulheres em nosso país”, finalizou.

26/11/2021 15:44h



Notícia anterior

Campanha Previne Rosa

26.11.2021
Próxima notícia

Realização da eleição on-line na OAB/RS é destacada na sessão do Conselho Pleno

26.11.2021

Principais notícias

Ver todas